Belenenses SAD falha pagamento à Liga Desportiva de Maputo pela transferência de atletas

A Liga Desportiva de Maputo reclama o pagamento de cerca de 14 milhões de meticais ao Belenenses SAD de Portugal, relativos às transferências de Reinildo Mandava e de Jeremias Nhambirre. A falta do referido pagamento coloca em causa a continuidade do clube moçambicano no Campeonato Nacional de Futebol.

Por: Abiatário Rombane

A referida quantia, de cerca de 14 milhões de meticais, deveria ter sido paga pelo Belenenses SAD à Liga Desportiva de Maputo até 30 de Julho de 2020, o que não aconteceu até aqui. Aliás, o emblema português nem sequer se digna a dar satisfação para falhar um compromisso assumido.

Uma parte da dívida é referente ao pagamento da percentagem da Liga Desportiva de Maputo nos direitos económicos de Reinildo Mandava, aquando da sua transferência em Julho de 2019 do Belenenses SAD para o Lille OSC da França.

Reinildo, quando jogava pelo Belenenses SAD

Ao que se sabe, o emblema francês já procedeu ao pagamento do valor da compra do passe ao clube português, não tendo este canalizado a percentagem que a Liga Desportiva detinha. Isto, em Julho do ano passado.

A outra parte da dívida é referente ao pagamento da transferência, a título definitivo, de Jeremias Nhambire da Liga Desportiva de Maputo aos sub-23 do Belenenses SAD de Portugal, em Janeiro de 2020.

Sabe OC-Olho Clínico que o caso foi remetido pelo clube moçambicano à análise da FIFA, através de um escritório de advogados de Portugal especializado em direito desportivo. Foi até aberto um processo, que já corre os seus termos.

Belenenses SAD coloca LDM em crise

Instado a comentar sobre o caso, o presidente da Liga Desportiva de Maputo, Rafik Sidat, confirmou a existência da dívida, porém não confirmou os valores.

Contextualizou, isso sim, os acordos, explicando que aquando da cedência de Reinildo ao Lille, por parte do Belenenses SAD e da ida, àquele emblema português, de Jeremias Nhabirre, ficou pré-estabelecido que a sua colectividade iria encaixar dinheiro, pago em três prestações. Sendo que a segunda deveria ocorrer até 30 de Julho do ano passado. “O que não aconteceu até aqui, pelo que continuamos à espera que isso aconteça”.

De acordo com o dirigente, o valor em dívida “faz tanta falta à Liga Desportiva de Maputo, pois dele também a continuidade na presente temporada do Campeonato Nacional de Futebol. Estamos dependentes…”, explicou Rafik Sidat, que adiante não confirmou, nem desmentiu a informação sobre a denúncia que o seu emblema terá feito à FIFA.

Temos o nosso advogado, em Portugal, que está a tratar deste assunto. O que posso garantir é que a Liga precisa deste dinheiro para continuar a competir. É um valor que cobre o nosso orçamento para esta época de 2021”, rematou Sidat. OC

*Este conteúdo teve apoio da http://www.jogabets.co.mz



Categorias:Início, Outras Futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: