Ferroviário de Maputo:: Equipa técnica pede reforços para o ataque

A falta de golos continua a preocupar a equipa técnica do Ferroviário de Maputo, liderada por Daúde Razaque, que diz estar no mercado de contratações a busca de avançados.

Por: Redacção

Estes pronunciamentos foram feitos por Cláudio Chilengue, treinador-adjunto e porta-voz da equipa técnica da locomotiva da capital do País, sábado último, 21 de Novembro.

De acordo com o técnico, o plantel do Ferroviário de Maputo ainda não está fechado, pelo que o emblema precisa de jogadores de ataque. “A finalização é actualmente o nosso calcanhar de Aquiles e vamos ver se até o arranque do Moçambola teremos ou não esses jogadores”, explicou.

Quando questionado sobre a nacionalidade dos desejados, o técnico disse que todas as opções são neste momento válidas, sejam eles moçambicanos ou estrangeiros, bastando estar garantida a qualidade, ou seja, os golos que brilham pela sua ausência naquela colectividade.

Dois avançados serão suficientes. Estamos neste momento a fazer algumas observações. Compreendam que queremos construir um Ferroviário dominador”, apontou.

Enquanto não chegam os desejados reforços de ataque, o quadro técnico daquela colectividade promete “continuar a trabalhar” por forma a conduzir a locomotiva a bom porto.

Refira-se Cláudio Chilengue falava momentos após o empate, a zero, entre o Ferroviário de Maputo e a Associação Black Bulls, em desafio da terceira jornada do Torneio de Solidariedade da Cidade de Maputo. OC



Categorias:Início, Moçambola2021

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: