GDM:: Adiada a eleição de novos órgãos sociais!

A Mesa da Assembleia-Geral adiou, para “data a anunciar oportunamente”, a eleição dos novos órgãos sociais do Grupo Desportivo Maputo que deveria decorrer este sábado, 31 de Outubro. A decisão resultou do cancelamento do encontro estatutário dos sócios. Em causa, as normas do Estado de Calamidade Pública.

Por: Redacção

Já decorria o magno encontro, no pavilhão principal das modalidades de salão quando o presidente da Mesa da Assembleia-Geral, João Figueiredo, entendeu que não haviam condições para a realização do evento que culminaria com a eleição de novos órgãos sociais do clube alvinegro, pleito para o qual havia uma lista única de candidatura, essa liderada por Alexandre Rosa.

E foi forte o argumento que cancelou o encontro: estavam presentes naquele local mais de 70 pessoas, uma afluência que, segundo argumentou Figueiredo, viola as normas do Estado de Calamidade Pública em vigor no País desde 07 de Setembro.

É que, de acordo com o Decreto Presidencial que aprova este contexto excepcional, forçado pela pandemia do novo coronavírus, “os eventos privados devem ter o limite máximo de 40 participantes”, ao que no pavilhão do Desportivo de Maputo estavam mais de 70 sócios daquele emblema.

A decisão foi contestada por um sector muito bem identificado dos sócios, nomeadamente a claque Raça Alvinegra, que entendeu estar-se a adiar o futuro do clube por uma decisão tomada por João Figueiredo.

Lista de Alexandre Rosa seria rejeitada!

OC-Olho Clínico sabe que, ainda que estivessem todas as condições criadas para a realização da Assembleia-Geral, as eleições não teriam lugar este sábado, 31 de Outubro. Ao menos, Alexandre Rosa, candidato único, não seria eleito.

De acordo com uma fonte ligada ao processo, a lista de candidatura apresentada por Rosa seria contestada e posteriormente, ainda durante o evento, reprovada por alegadamente por conter vícios.

O fundamento é de que nem todos os que integram a lista daquele candidato são sócios do Grupo Desportivo de Maputo, pelo que não podem ser eleitos.

Eleições em Dezembro

Informações ainda na posse de OC-Olho Clínico acrescentam que as eleições deverão ser marcadas para o próximo mês de Dezembro. Ou seja, pretende-se que trinta dias sejam suficientes para, por um lado, Alexandre Rosa possa trazer uma lista verdadeiramente de sócios do Desportivo de Maputo.

Por outro, que este tempo possa gerar mais candidatos capazes de combater a firme ideia de que o Desportivo de Maputo é um clube que ninguém quer.

Ainda assim, João Figueiredo referiu que “vamos agora procurar mecanismos para viabilizar as eleições no clube, procurando que as mesmas decorram o mais rapidamente possível”,

Para já, será dentro de dias conhecida a composição da nova Comissão de Gestão do clube, essa que se encarregará de gerir o clube até à realização de uma nova Assembleia-Geral. OC

Categorias:Início, Outras Futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s