SED:: Modalidades colectivas podem não retomar em Outubro

O secretário de Estado do Desporto pede prudência nas previsões populares que apontam Outubro como o mês para a retomada do desporto colectivo no País. Carlos Gilberto Mendes fala da necessidade do controlo da subida do número de casos positivos do novo coronavírus e garante que as inspecções sanitárias continuam.

Por: david nhassengo

O governante diz compreender a vontade do público de ver retomada a prática desportiva colectiva. No entanto lembrou que as modalidades das massas ainda não foram autorizadas a regressar. “O que há, isso sim, é autorização para início de treinamento das equipas e selecções nacionais com compromissos internacionais”, advertiu.

De acordo com Gilberto Mendes, a autorização para a retomada do desporto colectivo deve “esperar que o gráfico de novas infecções pelo novo coronavírus esteja controlado. E, pelo que estamos a perceber, ainda não está controlado”, avançou, fundamentando que é exatamente este o motivo pelo qual não é prudente se afirmar que o movimento desportivo colectivo retomará em Outubro.

Aliás, se o quadro de novas infecções pela pandemia continuar a subir, “o Chefe de Estado pode determinar pelo recuo de todas as medidas, mesmo para os que dispõem de autorização para a retomada ao treinamento”, alertou o secretário de Estado do Desportos.

Relatórios de inspecção depositados no Conselho de Ministros

A única certeza dada por Carlos Gilberto Mendes é de que os trabalhos de inspecção sanitária aos recintos desportivos continuam. E na sua máxima força, por sinal.

O governante destacou o lado didático dos mesmos, ao precisar que “mesmo naquelas instituições aonde se encontram problemas, está-se a fazer uma inspecção que é mais educativa do que punitiva”, recordando que isto acontece mesmo com a presença da Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) no grupo multi-sectorial, no qual fazem igualmente parte o Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado do Desporto.

Mendes aproveitou a ocasião para explicar que os relatórios de verificação das condições sanitárias estão a ser enviados ao Conselho de Ministros para efeito de análise do grau de preparação dos recintos desportivos e tomada de decisão. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s