FIFA COVID-19:: FMF anuncia canalização do Fundo Solidário aos clubes e associações provinciais

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) anunciou esta quinta-feira, 20 de Agosto, em conferência de imprensa, os valores e os critérios de distribuição para a atribuição às entidades desportivas nacionais do Fundo Solidário da FIFA, de um milhão de dólares norte-americanos.

Por: David nhassengo

Com efeito, os 14 clubes do Moçambola deverão absorver 240 mil dólares norte-americanos do Fundo Solidário de um milhão de dólares, o equivalente a 16.800.000 meticais, o que significa que cada colectividade deverá encaixar 1.200.000 meticais.

Aos clubes da Segunda Divisão – necessariamente inscritos para os Campeonatos Provinciais de seniores – a FMF reservou 103.714 dólares, ou seja, 7.260.000 meticais que serão distribuídos em espécie. Ou seja, cada emblema deverá receber material desportivo no valor de 55.000 meticais.

Para as colectividades que movimentam apenas escalões de formação, futsal e futebol de praia, a FMF deverá oferecer material desportivo no valor de 22.000 meticais, o que nas contas da Casa de Futebol representa um valor global 3.586.000 meticais (51.228 dólares).

As 11 Associações Provinciais de Futebol deverão consumir 39.285 dólares norte-americanos deste Fundo Solidário, o equivalente a 2.750.000 meticais. Às contas de cada uma delas serão depositados 250 mil meticais.

Para além do apoio financeiro, a federação deverá apoiar cada um dos clubes do Moçambola em material sanitário avaliado em 70.620 meticais e 20.090 meticais às Associações Províncias de Futebol. Este item deverá consumir um total de 1.209.670 meticais (17.281 dólares).

FMF consumirá metade do bolo da FIFA!

Depois de canalizar o apoio aos clubes e associações, aos cofres da federação deverá restar ainda 548.492 dólares norte-americanos, o equivalente a 38.500.000 meticais, pouco mais da metade do Fundo Solidário da FIFA.

Deste valor, 34 milhões de meticais serão utilizados para o pagamento de dívidas desta instituição, deixadas pelo elenco passado, liderado por Alberto Simango Júnior. O remanescente (4.500.000 meticais) será canalizado para garantir a participação das selecções nacionais de formação em diversas provas internacionais.

Os critérios para acesso ao Fundo Solidário

Ainda nesta conferência de imprensa, a FMF deu a conhecer os critérios para que os clubes e as associações tenham acesso ao apoio já estabelecido.

Na elite do futebol nacional (Moçambola) só serão elegíveis os clubes que tiveram contas bancárias oficiais, o processo de licenciamento já concluído e os que tiverem registado todos os atletas dos escalões de formação no sistema FIFA CONNECT. Obrigatoriamente.

Aos clubes das competições provinciais basta apenas estarem filiadas às respectivas Associações Provinciais de Futebol. São dispensáveis os outros critérios aplicados aos participantes no Moçambola.

Uma conta bancária oficial, em nome da Associação Provincial de Futebol, é o suficiente para que estes organismos possam receber os 250 mil meticais a que têm direito…

O único ponto em comum nos critérios é que todos os beneficiários deverão, a partir desta sexta-feira, 21 de Agosto, preencherem um formulário disponível no guiché da Casa de Futebol, de solicitação do apoio.

Os valores deverão ser distribuídos nos dias 07 e 08 de Setembro próximo, ao que confirmou OC-Olho Clínico junto da federação. OC

Categorias:Início, Outras Futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s