EM VILANKULO: Gilberto Mendes agastado com a gestão do ENH FC

O secretário de Estado do Desporto pediu uma mudança de paradigma na gestão do ENH FC de Vilankulo, emblema que milita no Moçambola. Gilberto Mendes recomendou o clube a investir na formação de novos talentos e em outras modalidades…

POR: REDACÇÃO

Visivelmente agastado com o que encontrou nas instalações daquele clube, Gilberto Mendes defendeu que a exuberância financeira do ENH de Vilankulo deve servir para o clube fazer a diferença no contexto do futebol nacional, não fazendo sentido que o clube continue a importar anualmente e, em grande número, jogadores para o seu plantel.

Por isso via disso, disse Mendes, aquela colectividade deveria liderar o processo de exportação de atletas e não a importação como agora acontece, uma dissonância que no fim “deixa a província refém e órfã de resultados que vocês pretendem no Moçambola”.

De acordo com governante, “o Moçambola não pode ser o objectivo da existência do ENH. O vosso grande objectivo deve ser o de formar os miúdos que estão aqui na vila, para que eles possam ir ao Campeonato Nacional de Futebol, envergarem a camisola da selecção nacional, serem projectados ao estrangeiro e orgulharem a província”.

A importarem só, os donos da terra não estarão a beneficiar do investimento que está a ser feito aqui. Vocês estão a manter-se no Moçambola, sim, porém graças à formação dos outros”, sublinhou Mendes, num discurso mais endurecido.

O clube deve investir em outras modalidades

Gilberto Mendes não só identificou o problema, como também apontou soluções.

Se para conter a importação industrial de atletas o clube deve formar localmente, a lista de recomendações foi afinal maior para essa necessidade de mudança de paradigma na gestão daquele emblema.

O governante sugeriu que o clube investisse também em outras modalidades, sobretudo as ligadas à praia, por forma a explorar as potencialidades da cidade de Vilankulo. A título de exemplo, disse que o ENH deveria ter uma equipa de futebol de praia para competir nas provas africanas e mundiais.

“O ENH tem capacidade de ter uma equipa de voleibol de praia que pode sair daqui para ganhar títulos internacionais. Vilankulo tem uma praia que não acaba mais. Os filhos de pescadores daqui podem ser também bons atletas de canoagem e/ou de vela”, argumentou.

Por fim, Mendes pediu ao ENH que encabeçasse a nova maneira de se olhar para o desporto como uma indústria, até porque o investimento em outras modalidades pode ajudar aquele emblema a capitalizar o turismo através da prática e massificação desportiva. OC

Categorias:Início, Outras Futebol

1 reply

  1. Além disso ENH tem espaço suficiente para fazer um campo relvado para treinar os atletas de formação mas neste momento a população circunvizinha invade o espaço enquanto a ENH está a olhar apenas, sou de opinião que deve se recuperar o campo de Varimba nos arredores da cidade de vilanculos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s