AO GOVERNO: Clubes pedem relaxamento de medidas para regresso aos treinos

Reunidos com a Secretaria de Estado do Desporto, no princípio da noite desta segunda-feira, 06 de Julho, os clubes, a Liga Moçambicana de Futebol e a Federação Moçambicana de Futebol pediram o relaxamento das restrições impostas no contexto do Estado de Emergência. Uma nova pré-época poderá durar de dois a três meses.

Por: Redacção

Com efeito, a SED vai nos próximos dias depositar este pedido ao Conselho de Ministros que deverá permitir os clubes do Moçambola o regresso aos treinos.

No entanto, não há prazos para o regresso aos treinos, visto que, conforme assegurou Francisco da Conceição, director Nacional do Desporto de Alto Rendimento junto da Secretaria de Estado do Desporto, a aprovação dependerá exclusivamente da análise a ser feita pelo Conselho de Ministros.

Adiante, Da Conceição revelou que ainda que haja relaxamento de medidas, o regresso aos treinos deverá acontecer com base no cumprimento de um protocolo sanitário a ser definido por todas as partes envolvidas no processo: Ministério da Saúde, SED, FMF, LMF e os clubes.

Treinos de dois a três meses antes do arranque da competição

Também presente no encontro, o presidente da da FMF, Feizal Sidat, revelou que, havendo relaxamento das medidas de restrição, os clubes deverão cumprir um período de preparação de entre dois a três meses, prévios ao arranque da competição.

Para além de ser recomendável para a preparação dos atletas, este período ajudará no aprimoramento dos aspectos sanitários tendo em vista a garantia da segurança dos atletas e de todos intervenientes no jogo.

Ainda assim, Sidat lembrou que a FIFA manteve o calendário internacional dos Mambas para os meses de Outubro e Novembro, relacionado com a fase de grupos de apuramento ao Mundial-2022, ao que a selecção nacional deverá ir a estes jogos rodados. Uma análise que força, de resto, o regresso da competição antes desse período.

Por sua vez, o presidente da LMF, Ananias Couana, acrescentou que durante o período definido para o regresso aos treinos, a FMF, a LMF e os clubes deverão discutir o modelo competitivo ideal para o regresso do Moçambola neste período marcado pela pandemia do novo coronavírus. Isto, tendo sempre em conta a disponibilidade financeira dos clubes.

No entanto é uma garantia que, havendo uma autorização para o regresso aos treinos e às competições, sempre haverá uma extensão da temporada futebolística do ano 2020, que vai para além do último dia do mês de Novembro.



Categorias:Início, Outras Futebol

2 replies

Trackbacks

  1. CHEFE de Estado dirige-se esta quinta-feira à Nação – OC – Olho Clínico MZ
  2. FMF também distancia-se da proposta do Moçambola de 30 clubes – OC – Olho Clínico MZ

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: