MFS:: Imperial, Zainadine foi uma verdadeira muralha para o Benfica

Titular indiscutível, o internacional moçambicano foi peça-chave para a vitória do Marítimo, por 2 a 0, sobre o SL e Benfica, em desafio havido na noite de segunda-feira, 29 de Junho, no Funchal, para a jornada 29 da Primeira Liga Portuguesa de Futebol. Imprensa desportiva portuguesa como sempre rendida ao central.

Por: david Nhassengo

Neste triunfo que precipitou a saída de Bruno Lage do comando técnico do Benfica, Zainadine Júnior foi totalista e, à par dos seus colegas Nanu, lateral direito e do guarda-redes Amir, foi uma das melhores unidade em campo. Travou com imponência tudo o que havia por travar do ataque benfiquista. Seja por terra, ar e mar, ajudando a manter a baliza inviolável.

Foi peça fundamental dessa tão suculenta vitória que hoje coloca os verde-rubros na 12ª posição da tabela classificativa, temporariamente com sete pontos de vantagem sobre a linha de água.

Aliás, aquele triunfo forçou a saída de Bruno Lage do comando técnico do Benfica, que logo após este encontro colocou o seu lugar à disposição de Luís Filipe Vieira.

Imprensa portuguesa rendida a mais uma exibição de luxo


A exibição de gala de Zainadine Júnior voltou a merecer atenção especial da imprensa desportiva portuguesa. Record, A Bola e O Jogo não pouparam elogios ao internacional moçambicano.

Record: De acordo com este diário, Zainadine foi o patrão da defesa e evitou que o Benfica criasse mais lances de perigo. Mereceu, por isso, a nota máxima atribuída por aquele órgão. 4.

A Bola: Se por um lado Amir, o guarda-redes do Marítimo destacou-se na primeira parte, por outro Zainadine foi crucial na etapa complementar. Escreve o vespertino, fundamentando que os cortes oportunos do internacional moçambicano mantiveram a elevada consistência do sector mais recuado dos maritimistas. Mereceu a nota 7, de um máximo de 8.

O Jogo: Este diário destacou um sub-título para o internacional, segundo o qual ele e o guarda-redes Amir foram muralhas para o ataque benfiquista. Adiante, fundamenta que Zainadine Júnior foi bombeiro da defesa madeirense, ao varrer com mestria as diversas bolas que apareceram na área. Nota 7 numa escala de 0 a 8. OC

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s