FMF quer alargar base de votantes nas suas eleições

A Federação Moçambicana de Futebol juntou está terça-feira, 05 de Maio, representantes de várias associações desportivas para a revisão do seu modelo de governação e estatutos. FMF pretende alargar a base de votantes nas suas eleições, neste momento exclusiva às Associações Provinciais de Futebol.

O encontro, que juntou diversos “stakeholders” do futebol nacional, enquadrou-se no âmbito do trabalho que está em curso com a FIFA, relativo à revisão do modelo de governação e estatutos da federação, tendo em vista a adopção de um padrão do governança na FMF que seja inclusivo com vários fazedores e agentes do futebol em Moçambique.

Dirigida por Feizal Sidat, presidente da FMF e acompanhado pelo secretário geral interino desta mesma entidade, o encontro contou com a presença de representantes da Liga Moçambicana de Futebol, Sindicato de Jogadores de Futebol de Moçambique, Associação Nacional de Treinadores de Futebol de Moçambique, Associação Moçambicana de Imprensa Desportiva e, a ainda em formação Associação Moçambicana de Árbitros de Futebol.

Esta iniciativa responde, ainda, às exigências da FIFA, como a que deixou na última Assembleia Geral da FMF, de 14 de Dezembro, para que o órgão nacional altere o modelo de governação em vigor.

Intervindo neste evento que decorreu na capital do País, Feizal Sidat referenciou que “um dos pilares do nosso manifesto eleitoral foi o da inclusão, no qual prometemos, na altura, integrar mais agentes no processo de decisão do futebol, alargando a base de votantes nas assembleias gerais da federação”.

Adiante, lançou um olhar para o futuro, referindo que “esta iniciativa é para as gerações vindouras. É uma clara demonstração de que a actual direcção da federação não tem receio de inclusão e não pretende monopolizar o poder no futebol

Por fim, Sidat falou das condições para que as referidas associações tenham poder na assembleia geral da FMF, destacando os seguintes requisitos:

– Registo de entidade legal;

– Publicação de estatutos no Boletim da República;

– Estatutos alinhados com a FMF/CAF/FIFA;

– Realização de assembleias gerais anuais;

– Prestação de contas anuais;

– Eleição de órgãos sociais de 4 em 4 anos. (OC)

Categorias:Início, Outras Futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s