ANANIAS COUANA: Inovar para consolidar o Moçambola

A LMF-Liga Moçambicana de Futebol vai a votos próxima terça-feira, 03 de Dezembro. Ananias Couana concorre à sua própria sucessão. Terá como adversário o antigo atleta Tony Gravata. O OC-Olho Clínico partilha neste artigo as linhas gerais do seu manifesto.

O candidatura de Ananias Couana, para mais um mandato à frente da LMF, é assente no lema “Por um Moçambola mais competitivo, sustentável e assente na Verdade Desportiva”. Advoga a continuidade porém, diferentemente do habitual, brilha por apresentar uma equipa mais alargada, no espírito e visão de dotar a Liga de Clubes de uma gestão corporativa e modernizada.

Aporta consigo inovações no que ao organograma diz respeito, como a da introdução de quatro Consultores, figuras com o mandato de assessorar a Direcção Executiva da Liga em matérias de Marketing, Imagem e Comunicação, Jurídicas, de Cooperação Internacional e Assuntos Sociais.

A missão desta candidatura é de solidificar, primeiro, as actuais conquistas da Liga, dotando-a, enquanto instituição, de maior sustentabilidade. Manter os actuais parceiros e ir buscar novos, com base num projecto de marketing e de exploração da imagem do Moçambola é uma frase do manifesto que recita.

Tornar o Moçambola numa prova solidária

Ademais da sustentabilidade e competitividade, a candidatura de Ananias Couana pretende explorar a influência social do futebol para desenvolver actividades de responsabilidade social, levando atletas a prestar acções de caridade e solidariedade para com os mais necessitados.

Não sendo, isso, tudo, a lista da continuidade garante que, em caso de eleição, irá envolver alguns antigos atletas em iniciativas pontuais de marketing, de parcerias institucionais, da alta competição, da promoção de actividades de carácter social.

No mesmo capítulo, nos próximos quatro anos o Campeonato Nacional de Futebol será introduzida a figura de Embaixador de Moçambola, uma forma encontrada pelo elenco de Ananias Couana para não só dar a devida importância à prova, como também para dar um passo sólido rumo à valorização dos atletas que já deram glórias ao público moçambicano.

A candidatura de Ananias Couana é assente em seis pilares, a saber: (1) Alta Competição; (2) Sustentabilidade; (3) Gestão das Infraestruturas; (4) Segurança; (5) Comunicação e Imagem, bem como a (5) Responsabilidade social.



Categorias:Início, Outras Futebol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: