Agastado com acusações: Sidat desafia Simango na PGR

O eterno conflito que opõe Alberto Simango Júnior e Feizal Sidat abriu semana última uma nova frente. O ex-presidente desafiou o actual a remeter tudo na PGR-Procuradoria-Geral da República. 

A informação foi avançada semana passada pelo jornal @Desafio, que referia que Feizal Sidat não se apresentou na FMF na passada segunda-feira, 05 de Agosto, conforme a notificação do CJ-Conselho Jurisdicional, optando por avançar com o processo para a PGR-Procuradoria-Geral da República

Sidat foi solicitado pelo CJ da FMF para, conforme se sabe, responder a um inquérito aberto por ordem expressa de Alberto Simango Júnior relacionado com a gestão financeira dos dois mandatos em que o primeiro esteve na frente dos destinos da federação. 

No entanto e, ao que o OC-Olho Clínico apurou, Feizal Sidat entende não ser da competência do CJ inquirir cidadãos. Argumenta, adiante, que deixou de ser presidente honorário da FMF em Maio de 2018.

Por sua vez, a federação contra-argumenta, referindo que a renúncia a este título honorífico só poderá ser chancelada pela AG-Assembleia Geral, um órgão que curiosamente não reúne há sensivelmente de dois anos. 

Ademais, ao ser constantemente referenciado pela federação para responder a factos ocorridos nos seus dois mandatos, cuja gestão financeira foi sempre aprovada pela AG, mormente sem reparos, Sidat entende haver uma cobarde perseguição à sua pessoa, sobretudo numa altura em que os ventos apontam para o seu regresso à Casa do Futebol. Neste caso, que Simango Júnior explora toda a sua força e influência para retirar um pretenso adversário no pleito que se avizinha. 

Foi com base neste cenário e, sobretudo, dado o impasse, que Feizal não quis  mais comparecer ao chamado do CJ, desafiando os actuais gestores da federação a remeterem todo o dossiê a que têm em posse nos orgãos de justiça, no caso na PGR, por forma que a verdade seja apurada numa instituição neutra, dado que a federação tem sido, até aqui, juiz de causa própria. 

Um desafio que de certeza Simango Júnior não vai querer aceitar, dado que uma entrada da PGR na federação poderia incidir também sobre a conta corrente deste organismo reitor do futebol moçambicano. 

A procissão ainda vai no adro…

Categorias:Início, Outras Futebol

1 reply

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s