Semedo coloca bebés de Amid longe da manutenção

Por onde anda o dedo do intitulado Bruno Lage do Maxaquene? Esta terça-feira, 6 de Agosto, Amid Tarmamade e os seus bebés participaram de uma palestra sobre futebol, teoricamente orientada por Semedo e, na prática, por malta Hammed e cia. 

O campo do Afrin, no Município da Matola, foi palco do derby mais antigo do futebol moçambicano, ora pontuável para a jornada 14 do Moçambola2019. O que era para ser o jogo do ano, acabou sendo o péssimo exemplo de como uma propaganda do futebol pode ser consumida pela agressividade. 

A dureza dos jogadores sobrepôs-se ao espectáculo e os golos só surgiram, na verdade, para castigar a equipa que menos contribuiu para a solenidade. O Maxaquene de um intitulado Bruno Lage moçambicano.

O primeiro tento surgiu na sequência de um passe vertical para o interior da grande área tricolor, que foi ao encontro de um isolado Rodrigues que, ao primeiro toque, desfez o nulo no marcador.

O segundo e último, sempre a favor da equipa alvinegra, veio aos 73 com assinatura de Hammed, que soube agradecer com classe o clímax da infantilidade defensiva dos bebés de Amid.

Com esta vitória, a equipa treinada por Artur Semedo marcou passo na tabela classificativa, posicionando-se temporariamente no 7º posto com 21 pontos.

O Maxaquene, por sua vez, segue o seu caminho nas entranhas da neblina. Não consegue vislumbrar as luzes da cidade e está cada vez mais a afundar na zona da despromoção, com 16 pontos e na 13ª posição. 

Categorias:Início, Moçambola2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s