Tchaka-Tchaka: De contestado, enxotado a acomodado

Momento atribulado viveu Tchaka-Tchaka até na hora de ser demitido do cargo de director desportivo do Ferroviário de Nampula. Mas tudo acabou bem…O jovem dirigente está bem.

Desengane-se que pensar que Mateus Manjate viveu uma paz social efectiva depois de ver Antero Cambaco a ser despedido do comando técnico do Ferroviário de Nampula, devido à crise de resultados que colocam este emblema na antepenúltima posição da tabela classificativa.

Depois de bastante contestado pelos adeptos e sócios, que desde o primeiro dia deste ano exigiam a sua demissão, a direcção máxima do clube locomotiva decidiu ceder à pressão. Demitiu também segunda-feira, 15 de Julho, Tchaka-Tchaka do cargo de director desportivo.

Em princípio e, como primeira decisão, Mateus Manjate ia mesmo para casa buscar outras formas de sustento. Para si e para os seus. Aliás, chegou a abandonar as instalações do clube na manhã do mesmo dia com nome, alcunha e qualidade de dirigente desportivo despedido.

No entanto, a direcção máxima do Ferroviário de Nampula decidiu reconsiderar a decisão, acomodando Tchaka-Tchaka no departamento de futebol, como um simples colaborador do clube.

Um enorme gesto de gratidão para quem, em pouco menos de dois anos de trabalho, montou uma equipa que esta época assumiu candidatura à conquista do mais aguardado título do Moçambola.

Categorias:Início, Moçambola2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s